MOÇÃO DE REPÚDIO

MOÇÃO DE REPÚDIO

A Intolerância Religiosa, Racismo Religioso, Crimes Contra A Honra E Fake News


            Os evangélicos em geral e os batistas em particular, representados pela Igreja Batista Betel Noiva do Cordeiro, informam a toda sociedade, a comunidade de fé e às autoridades que, reiteradamente, vem sendo vítimas de intolerância religiosa, crimes contra a honra, racismo religioso e Fake News, por parte de um cidadão da cidade de Ibirité cujo nome é Marcelo de Oliveira.

O referido é um ex-padre da Igreja Católica Romana, que foi devidamente disciplinado e suspenso de suas funções ministeriais pela mesma, por razões que correm em segredo na Cúria Romana. E, conquanto continue a usar o status religioso do tempo em que exerceu a função de sacerdote católico, não representa mais a instituição.

O Protestantismo em todo mundo é herdeiro de uma gloriosa tradição de fé e serviço. Os batistas, herdeiros da Reforma Protestante, sempre foram árduos defensores da liberdade de consciência, de culto, e a livre manifestação do pensamento. Conquistas estas que, no Brasil, estão assegurados no Art. 5º da nossa Constituição Federal de 1988 e outros diplomas legais.

A Igreja Batista Betel Noiva do Cordeiro é uma organização civil de natureza religiosa, devidamente registrada no CNPJ 11.689.826/0001-26, fundada no dia 07 de Março de 2010. Realiza Assembleias de prestação de contas e gestão, tem Diretoria eleita e Conselho Fiscal. Faz a prestação de contas de suas finanças, tem contabilidade regular, exame de contas por parte do Conselho Fiscal, livros contábeis para consulta (Diário e Razão). Faz Declarações à Receita Federal, tem todas as Certidões Negativas, fato que demonstra estar em dia com o fisco e a lisura nos seus negócios administrativos.

Todas as suas receitas e patrimônio são oriundos de doações espontâneas e de origem lícitas. Rejeita toda doação de origem ilícita. Defende o princípio da separação igreja-estado, não recebendo qualquer subvenção ou doação avindas de órgãos públicos.

As pessoas tornam-se membro da mesma, espontaneamente, após pública profissão de fé e batismo, sendo recebidas em Assembleia. Como organização, a Igreja possui uma Diretoria eleita, composta de Presidente e Vice, 1º e 2º Tesoureiros, 1º e 2º Secretário e 03 membros do Conselho Fiscal. O atual presidente é o Pr. Carlos Elias da Silva, que foi devidamente eleito em assembleia destinada a este fim. O mesmo responde ativa, passiva, judicial e extrajudicialmente pela Igreja.

A Igreja, enquanto organismo pertence a Jesus Cristo, que a fundou e sustenta. Como organização, pertence à comunidade dos fiéis, que zelam pelas doutrinas e práticas cristãs conforme ensinado por Jesus Cristo e registrado na Bíblia Sagrada. O pastor é membro da igreja. Como presidente, responde pela igreja nos limites da Lei.

A Igreja Batista Betel Noiva do Cordeiro em particular, os batistas e evangélicos em geral, defendem a liberdade de culto e de crença. A convivência pacífica entre as religiões. Repudia toda e qualquer manifestação de violência e incitação ao ódio da parte de quem quer que seja. Repudia todo ato de agressão, perseguição religiosa, racismo religioso e crimes contra a honra particular, institucional ou de grupos religiosos.

As relações mantidas com a Igreja Católica e seus fiéis são pacíficas, de respeito mútuo e cooperação. Acreditamos que a Igreja Romana não compactua com as ações deste seu ex-sacerdote, e também repudia atos como os que ele vem intentando, que maculam a imagem de uma organização mundial, milenar e de reconhecido respeito.

Reafirmamos e atestamos a honra do nosso pastor e presidente, Carlos Elias da Silva. Repudiamos todas as palavras caluniosas, difamatórias a nós e a ele dirigidas por meio de Mídia Social. Além de serem postagens caluniosas e difamatórias, incitam o ódio, a violência, a intolerância e o racismo religioso.

Afirmamos que todas as postagens de frases, fotos e vídeos estão sendo acompanhadas, registradas e arquivadas. Fazem parte de um dossiê que serão entregues às autoridades competentes em uma representação contra o referido cidadão, para que sejam tomadas as devidas providências e os danos sejam reparados.

Repudiamos manifestações de ódio como as por ele postadas. Alguns exemplos: "Pastor Elias [...] já embolsou 130 mil reais para a igrejola fuleira dele. Vcs. Evangélicos de Ibirité são todos safados assim?"; "Cadê os vagabundos bajuladores desse pastor lixo?"; "Falso pastor"; "Invangélicos".

Entendemos que em uma Democracia existem meios legais de se denunciar crimes, apontar irregularidades e discordar do pensamento religioso e político. Os covardes e caluniadores preferem esconder-se atrás do monitor de computador.

Notícias falsas são postadas todos os dias, por pessoas de má índole e más intenções. Basta ver o que vem ocorrendo nos últimos dias nas Eleições 2018. Por isso, conclamamos aos cidadãos de bem desta cidade para que duvidem das informações e procurem os meios disponíveis para fazer as devidas checagens das informações, sobretudo, procurando a origem, antes de acreditar e divulgar informações falsas.

Estamos abertos ao diálogo, prontos para responder a qualquer cidadão que nos queiram consultar. Quem não deve, não teme e não se esconde.

            Ibirité, 25 de Outubro de 2018

Igreja Batista Betel Noiva do Cordeiro - Diretoria Estatutária e Conselho Fiscal.


Créditos: IBBNC | Projeto Gênesis

Compartilhe na Rede!

Deixe seu comentário!

Nos ajude a manter uma comunidade saudável e vibrante ao reportar qualquer comportamento ilegal ou inapropriado. Denuncie Aqui!